terça-feira, 4 de setembro de 2007

Folha de S. Paulo - Caderno policial


Hehehe! Ai, meu Deus, a gente não acerta uma...

12 comentários:

Julia Kc disse...

Assisti hoje. O Desenho é muito legal, a proposta é muito criativa e a mumia é demais. E o Nasi estava bem como dublador... Considerando que ele não é ator, foi muito bem mesmo. Affe!

Ari Holtz disse...

Achei legal, mas minha opinião e nada é a mesma coisa!! hehehe
Abraço Pavoncio!!

Ans disse...

Pavão,
A "crítica do crítico" da Folha tá meio oca. Parabéns pela direção de arte. Ficou bonito. Ao roteiro acho que faltou ritmo e uma piada melhor pra fechar. Também senti falta da apresentação mais clara dos personagens. Dá a impressão que pegamos a história já andando e ficam várias perguntas pra fazer: por que o chefe da agência é uma máquina? Da onde surgiu o Nasi? E por aí... Acho que evoluiu em relação ao Fudêncio. Sei que vai melhorar ainda mais nos próximos.
Abs,
Ans

luze disse...

sim, falta aperfeiçoar algumas coisas, mas a estréia foi ótima, muito engraçada. principalmente o comentário do nasi sobre o banco de dados que nada mais era que o orkut, jswejwejfjewf.
mas quanto ao the jorges............
faiô

luze disse...

e só pra constar: não concordo com essa crítica!

Rúbia disse...

meninos, eu vi!

impecável, mas bota um pouco mais de humor negro aí, que o meu acabô...

comentário do meu pai, qdo viu o desenho: "só espero q o mali não se transforme nesse baixinho careca aí..." hehehe

bjos e sucesso.

Pavão disse...

Oi! Obrigado pelos comentários! Polêeeeeemica!!! Hahaha. Este cara da Folha não gosta mesmo dos nossos desenhos. Numa outra resenha ele disse que nossos desenhos oscilavam entre o bobo e o apelativo. Hahah. Eu achei o máximo! Sempre concordei com ele em algum grau. O Fudêncio no começo era bobo e apelativo. Depois acertamos a mão e agora ele só é apelativo. Quanto ao Rockstar é unânime a opinião de que o roteiro não segurou a bronca. O que não considero uma catástrofe, primeiro porque o primeiro episódio precisa ser muito explicativo (ainda sim deixou pessoas sem entender muito). Segundo por que foi o primeiro roteiro que eu escrevi sem ser de quadrinhos, iupi! Terceiro porque passou depois do Tela Class do Hermes e Renato, o que deixou o desenho parecendo Ursinhos Carinhosos. Quarto porque falta ritmo mesmo, coisa que só vai acontecer no 5º episódio. E quinto por causa do tempo... coisa que quem tá assistindo não tem culpa nenhuma, mas é uma pena a gente ter que desenhar tudo correndo. Algumas piadas emorrem por causa da pressa. Um dia isso muda (em breve).
E Sexto por que eu considero - modéstia a parte - o mote do desenho muito bom e oportuno. Merecia um roteiro mais tchâns!
Nos seguintes a coisa melhora um pouco. Já que as histórias ficam mais despretenciosas e bestas.
Agora quanto ao comentário sobre o The Jorges acho que o cara quis encher o saco só. A história é simples, boa, divertida e bem animada, como um desenho de 10 minutos tem que ser. Não sei onde ele viu problema ali. E não sei por que ele chama Beavis and Butthead de célebre e o The Jorges de francamente idiota... Bom, vamo que vamo. Ainda falta bastante trabalho e eu estou estranhamente satisfeito. Talvez por que estaja tudo muito bonito, e se um gringo ver, não vai entender a história e vai achar tudo lindo! Haha.

O mais legal de tudo vai ser quando sair um DVD e a gente colocar atrás assim:

"Politicamente incorreto e francamente idiota"
Folha de S. Paulo

Hahah! Eu amo a Folha de S. Paulo! Um beijo família Frias! Vou pingar meu colírio alucinógeno!
Valeu, pessoal!

André L. Santos disse...

E ae "fessô"?
Não concordo c/ esta crítica, assisti o o primeiro episódio e achei muito bom! Tem umas tiradas legais, mas foi como a Ans disse: "..dá a impressão de que pegamos a história pela metade."
Sei que melhorará muito nos próximos episódios.

O contexto é interessante, sai um pouco da "mesmisse".

Abraços de um ex-aluno da Oswaldo Cruz

Anônimo disse...

A última vez que eu vi o Nazi, ele tava no banheiro feminino do Inferno, dando em cima de uma menina. Apontou pra um poster do Scarface e disse "Esse aí sou eu". Fica a dica.

Pavão disse...

Geeentem!!!

flávio. disse...

quem foi o estúpido que escreveu isso?! o Rockstar ghost é mó legal ;D

cosme:" cadê o pinto de borracha?
a gente podia ir fantasiado de entregador de pinto de borracha ^^"

Arlindo disse...

Bom demais! Sou fã do The Jorges, do Rockstar Ghost e do Fudêncio e seus Amigos.